quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Curso editor de vídeo

O NTE Santo Ângelo concluiu nesse mês de novembro mais um curso de Moviemaker  - Editor de vídeos. O moviemaker é um recurso importante para edição de vídeos no sistema operacional Windows que dispõe de efeitos, transições de vídeo, adição de títulos/créditos, faixa de áudio, narração de linha do tempo, entre outros.
Os professores participantes do curso puderam refletir sobre os seguintes conteúdos:

·         A importância da produção de vídeos nas escolas.
·         A organização do roteiro para a criação de vídeos.
·         A edição de vídeos e a questão dos direitos autorais.
·         Releitura a partir de trechos de filmes.
·        As funções do vídeo no ensino, como: Função Informativa ou Videodocumento; Função Motivadora, Função Expressiva – Criatividade e Videoarte; Função Avaliadora; Função Investigativa; a Função Lúdica e a Função Metalinguística.

A conclusão do curso ocorreu com a apresentação dos filmes criados durante os encontros. Os professores puderam exibir os conhecimentos e habilidades na criação de vídeos através da elaboração do tema e preparação do roteiro, sequência de imagens, legendas e trilha sonora. Os vídeos produzidos estão disponíveis no blog do NTE Santo Ângelo.

O NTE Santo Ângelo oferece durante todo o ano, cursos e oficinas sobre tecnologia educacional para professores da rede estadual de ensino de abrangência da 14ªCRE.

Produções:
A dengue

video

Cavalos
video

Meditação
video

Felicidade

video

quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Portal Educom Tchê

Compartilhe suas  Idéias 
Mais de 80 mil usuários, entre eles os 75.764 professores das 2.558 escolas da rede estadual, já estão cadastrados no Educom Tchê, lançado no Palácio Piratini. O portal é um ambiente virtual onde os docentes podem compartilhar ideias, planos de aula, vídeos, fotos entre outros conteúdos interessantes. "O objetivo desta ferramenta é estimular e facilitar a transmissão de práticas exitosas", afirmou Vieira.
O endereço do portal é educomtche.educacao.rs.gov.br (Copie e cole o link no navegador para acessar). Para acessar a página o professor  faz o login (o usuário (CPF) e senha é a mesma dos certificados do site da Seduc) e seguir as orientações ali descritas para o pleno uso das ferramentas.
Maiores informações com Gerta e Aline no NTE ou Iara e Susana na CRE.

Educom Tchê

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Vídeos Projeto Antártica - Troca de postais

As professoras Gerta Madalena von Mecheln e Aline Madrid do NTE Santo Ângelo - 14ªCRE convidaram a Escola Estadual de Tempo Integral Unírio Carrera Machado para desenvolver Projeto Antártica – Troca de Postais. Esse projeto tem por objetivo difundir nas escolas participantes, uma proposta educomunicativa que envolve o uso de mídias e o conhecimento sobre a história do continente Antártico, sua localização, fauna, flora, geologia, bem como as questões climáticas e científicas que envolvem os polos e os mares. A tecnologia se torna aliada nesse processo de construção do conhecimento, de fomento à ciência e à pesquisa e serve de canal condutor para a realização da troca dos postais entre as escolas, Unirio Carrera Machado de Santo Ângelo e o Centro Educacional Lúcia Mayvorne de Florianópolis - SC.

Os alunos do 9º ano da Escola Unírio Carrera Machado, junto ao professor de Ciências Juliano Taday,elaboraram seus postais através do programa educacional Tux Paint – ferramenta de desenho, tendo como tema a Antártica. O mesmo foi realizado pela turma de alunos do 6º ano do Centro Educacional Lúcia Mayvorne de Florianópolis - SC, sob a orientação da professora de biologia Lívia Madrid.
A troca de postais ocorreu através da produção de vídeos contendo as imagens elaboradas no programa TUXPaint. Os vídeos foram enviados por correio eletrônico às escolas e apresentados aos alunos.




video

video






sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Oficina Lousa Digital


Oficina Uso da Lousa Digital realizada dia 18/8, no NTE, com os Professores das Escolas Técnica Getúlio Vargas e Pe Antônio Sepp de São Miguel.
Esta ferramenta permite a inclusão da linguagem audiovisual, conforme objetivos do professor. A lousa digital incorpora todos os recursos que o computador oferece no espaço educativo e faz a mediação entre a informação e a construção de conhecimentos significativos por parte dos professores e alunos.






























sexta-feira, 24 de julho de 2015

Oficina Uso da Lousa Digita

No dia 22/7 foi realizada com os professores da ETE Theodorico Alves Teixeira, de Eugênio de Castro. Conhecer e explorar o potencial da Lousa Digital (Proinfo) - Computador Interativo - para ser aliado do professor, pois leva a tecnologia e a linguagem que fazem parte do universo dos alunos ao ambiente pedagógico.
Com a Lousa Digital, o professor tem a disposição uma ferramenta de fácil manuseio e interatividade, facilitando o processo ensino- aprendizagem do educando.
Esta ferramenta permite a inclusão da linguagem audiovisual, conforme objetivos do professor.
A lousa digital incorpora todos os recursos que o computador oferece no espaço educativo e faz a mediação entre a informação e a construção de conhecimentos significativos por parte dos professores e alunos.












Oficina Uso da Lousa Digital - Professores Muncipais - Vitória das Missões

No dia 20/7, foi realizada a oficina para conhecer e explorar o potencial da Lousa Digital (Proinfo/Daruma) para ser uma aliada do professor no processo de ensino-aprendizagem. A ferramenta “pode promover um ambiente altamente colaborativo/interativo, pois os alunos se ajudam na resolução dos problemas trazidos pelos professores, criando um aprendizado mais significativo”.
“No entanto, devemos salientar que o diferencial nesse processo é o papel do professor, que se torna um mediador de cultura entre o conhecimento prévio do estudante e o conhecimento acadêmico, além de se tornar um “grande produtor, criando atividades e aulas que direcionam para as questões importantes”. Destaca ainda que não se tem uma receita para o processo educativo e que “talvez se possa dizer que as tecnologiaspodem ajudar o trabalho do professor, pois com elas se consegue atingir os diferentes estilos de aprendizagem, atendendo às necessidades dos alunos”. Porém, isso depende de como o professor conduzirá as atividades, pois a chave não está na tecnologia e sim no professor”. (Pedagoga/pesquisadora das tecnologias aplicadas a educação Mônica Cristina Garbin).